Conselho De Administração Não-Executivos E Independentes – Lusophone

Southern Africa Trust - LogoO Trust está à procura de candidatos apropriados dentro da região da SADC para se juntarem ao seu Conselho de Administração, especialmente de países que ainda não estão representados no mesmo, nomeadamente Botswana, Comores, República Democrática do Congo, Madagáscar, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Seychelles, Suazilândia, Zâmbia e Zimbabwe).

Mulheres, jovens e pessoas que falam inglês, português e francês são encorajados a se candidatar.

 

Para evitar conflitos de interesse, os candidatos não devem ser representantes de organizações em parcerias programáticas com a Southern Africa Trust.

 

CRITÉRIOS

 Trust está à procura de pessoas que satisfazem os critérios abaixo:

  • Extremamente motivadas e dedicadas a questões relacionadas à redução da pobreza e desigualdade.
  • Prontas para fazerem parte de uma equipa que pode dirigir a sustentabilidade do Trust.
  • Capazes de dedicar tempo aos processos de governação do Southern Africa Trust, incluindo a participação em 3 a 4 reuniões anuais do Conselho de Administração.
  • Devem emanar da região da SADC e de qualquer um dos países acima mencionados.
  • Fluentes em qualquer uma das línguas usadas pelo Conselho de Administração, nomeadamente Inglês, Francês e Português.

 

QUALIFICAÇÕES

Os candidatos devem possuir as seguintes qualificações e competências:

  • Qualificação de pós-graduação em qualquer uma das seguintes disciplinas: 1. Finanças, Banco e Contabilidade; 2. Gestão e Comércio; 3. Sistemas de Informação Empresarial; 4. Ciências Empresariais; 5. Tecnologias Criativas; Média Digital e Comunicações; 6. Ambiente Construído e Estudos de Imobiliário
  • Os candidatos bem sucedidos devem ter experiência em qualquer um destes campos: (1) Sector de serviços financeiros e mercados de capital, operações bancárias, investimentos etc. (2) Desenvolvimento do sector privado, especialmente gestão de imobiliário, mercado imobiliário, desenvolvimento de negócios, tecnologia digital, e experiência em angariação de fundos.
  • Experiência em funções de governação, tanto regional como internacionalmente.
  • Os candidatos devem estar livres de qualquer acusação criminal.

Os Membros do Conselho de Administração devem assistir a reuniões e também participar na vida da organização entre as mencionadas reuniões; e.g. aconselhar a equipa de gestão e agir como embaixadores para o Trust.

Para se candidatar, por favor submeta o seu CV que deve detalhar o seu conhecimento, educação, experiência e aptidão para a posição de Membro do Conselho de Administração. A sua candidatura deverá ser acompanhada por uma carta de motivação afirmando razão pela qual deverá ser considerado para a posição. Os candidatos deverão estar à altura de fornecer referências.